Black Friday para restaurante: o que não fazer

Black Friday para restaurante: o que não fazer?

novembro 9, 2020

Muitos estabelecimentos já estão se preparando para uma das datas mais importantes do comércio. Mas, muita gente acaba tomando decisões erradas na hora de planejar a Black Friday para restaurante!

 

Por isso, reunimos aqui tudo que você DEVE EVITAR na hora de montar sua campanha. Confira!

 

Erros da Black Friday para restaurante!

 

1 Investir sem planejamento

 

No calor do momento muitos donos de restaurantes podem sair aplicando vários descontos ao longo do mês todo, o que é ótimo para atrair os clientes! Mas, colocando da ponta do lápis, você consegue cobrir todos os custos e ainda garantir seu lucro?

 

Então, se planeje! Verifique seu estoque, faça uma previsão de custos e uma estimativa de pedidos. Às vezes é melhor dar desconto em apenas um prato especial, por exemplo, do que operar no prejuízo depois.

 

2 Baixar a qualidade do produto

 

Depois de toda promoção definida, na hora de buscar seus fornecedores nada de mudar a qualidade dos seus insumos ou de produção! Coloque-se na posição do cliente:

 

  • se é um cliente que pede regularmente e recebe um produto diferente do que está acostumado, sua imagem vai ficar prejudicada.
  • se é um cliente novo e recebe um produto mais ou menos, lá se vai a chance de fidelizá-lo.
  • se não for possível fazer promoções nos seus pratos sem mudar insumos, considere oferecer a entrega grátis.

 

3 Usar o WhatsApp para atender os clientes

 

Já comentamos muitas vezes sobre o uso do Whatsapp em restaurantes e a conclusão é: não vale a pena!

 

Conforme o volume de pedidos vai aumentando, fica mais difícil atender todos os seus clientes. E, mesmo com automações, existe o risco de ser banido por não seguir as diretrizes da plataforma. Entenda melhor os perigos de usar o Whatsapp na Black Friday.

 

Se você ainda utiliza o WhatsApp, nossa sugestão é que você use as mensagens de saudação para redirecionar os pedidos dos seus clientes automaticamente para um cardápio online.

 

4 Fazer “Black FRAUDE”

 

Essa não tem nem desculpa. Afinal, se tem uma coisa que o consumidor brasileiro não é, é tapado! 😉

 

Tenha em mente que seu cliente está sempre de olho para conseguir os melhores benefícios sem ser passado para trás. E, vamos combinar, todo mundo percebe quando a promoção é a metade do dobro.

 

Então, mesmo que seja apenas um descontinho pequeno, faça promoções reais!

 

Além disso, se você for pego, o cliente pode fazer postagens nas redes sociais e, com toda razão, ir atrás dos seus direitos de acordo com o Código do Consumidor.

 

5 Direcionar seus clientes para os grandes apps de delivery

 

Esse é o maior erro dos restaurantes!

 

Se você está nos grandes aplicativos de delivery, foque no uso para ser descoberto por novos clientes. Mas, uma vez que os clientes já são seus, por que incentivar que seus pedidos sejam feitos por lá? Fuja das taxas!

 

Use sempre os links que mandam o cliente para fazer os pedidos online em seu site ou aplicativo próprio. Assim, o lucro é todo seu!

 

Se você ainda não possui essas ferramentas, saiba que o Vitto consegue entregar seu aplicativo próprio + sistema completo de gestão em apenas 7 dias corridos. É a chance de ter as ferramentas certas para executar sua promoção de Black Friday. Fale com um de nossos especialistas!

 

Agora você pode montar sua campanha de Black Friday para vender mais com tranquilidade.

 

Para conhecer as melhores estratégias de Black Friday para restaurante, faça o download do nosso e-book especial!

Baixe GRATUITAMENTE!

 

Boas vendas! 😉