Tudo o que você precisa saber sobre marketing para restaurantes

03

out

2018

Será que o marketing para restaurantes ainda depende apenas de cartões de visitas e panfletos entregues na porta do estabelecimento? Em uma época em que websites, aplicativos e redes sociais estão no dia a dia de qualquer pessoa, você pode fazer muito mais pelo seu negócio!

Um restaurante pode ter a melhor localização, a melhor comida, o melhor atendimento. Mas, se os potenciais clientes não conseguirem encontrá-lo na internet, jamais chegarão até ele! Portanto, o marketing para restaurantes depende hoje da internet (embora não seja sua única solução…).

Nesse artigo, vamos ver as principais práticas que você deve adotar para atrair mais clientes até o seu estabelecimento, aumentar as vendas e engajar o seu público. Acompanhe agora para saber tudo:

Avaliações de clientes: o seu restaurante já está na internet!

Mesmo que você ainda não tenha um site ou uma página nas redes sociais, o seu restaurante já está na internet.

Sabe por quê? Os seus clientes já estão lá! Nas redes sociais, eles compartilham e avaliam as experiências que tiveram nos mais diversos locais ― em uma boate, um ponto turístico, um shopping e, também, no seu restaurante.

Isso acontece também em sites e aplicativos de avaliações, como o TripAdvisor e o Google Maps. Neles, os próprios usuários podem adicionar um local da cidade para dar uma nota e falar (bem ou mal) dele. Agora vamos entender por que eles são tão importantes no marketing para restaurantes.

Numa rápida pesquisa no Google, essas avaliações logo aparecem. Imagine, agora, uma pessoa que está fazendo turismo na sua cidade e pesquisa pelo melhor restaurante na região. Se ela lê uma avaliação positiva sobre o seu negócio, certamente terá mais confiança para ir até lá. Isso significa mais clientes para você e, se ela for bem atendida, mais uma boa avaliação na internet.

Por que cuidar da sua reputação online

Essas avaliações em sites e aplicativos têm uma força enorme para os negócios atualmente, especialmente para empresas locais, como restaurantes.

Segundo uma pesquisa da empresa BrightLocal nos Estados Unidos, 97% dos consumidores pesquisaram na internet por negócios locais em 2017.

Essas avaliações representam as opiniões de outros consumidores ― e não da própria empresa sobre ela mesma, como na publicidade tradicional. Por isso, elas despertam mais confiança e, assim, reduzem os riscos de chegar ao restaurante e ter uma má experiência.

Percebe, então, como estar na internet não é uma opção? O seu restaurante já está lá! Agora, o que você pode escolher é cuidar ou não da sua reputação online.

No marketing para restaurantes, é essencial considerar as avaliações dos clientes. Você deve estar lá para monitorar o que eles estão falando sobre o seu estabelecimento. Uma reclamação em comum em todos os comentários, por exemplo, é um alerta para que você corrija esse problema.

Caso a plataforma permita, você também deve responder os comentários. Os clientes se sentem valorizados quando são ouvidos pelos restaurantes, tanto em caso de elogios quanto críticas. Demonstre que você se importa com a opinião deles e que está sempre buscando melhorar.

As pesquisas no Google são essenciais no marketing para restaurantes

Pesquisar no Google por negócios locais é mais comum do que você pode imaginar. Como no exemplo acima, cada vez mais os consumidores buscam referências para saber se vale a pena (ou não) ir a um restaurante. Afinal, ninguém quer se deparar com um atendimento ruim ou uma comida mal feita, não é?

Como o Google é o buscador mais usado no mundo, é lá que os clientes mais vão buscar e encontrar informações sobre o seu restaurante. Então, é lá também que você deve aparecer bem posicionado e bem avaliado!

Por isso, o primeiro passo é realizar um bom atendimento no contato com o seu cliente, principalmente no próprio restaurante. Essa é a principal forma de gerar boas avaliações para o seu negócio.

Estratégias de SEO para restaurantes

Mas o marketing para restaurantes também pode trabalhar na internet para conquistar uma boa posição no Google. Esse trabalho é chamado de SEO (Search Engine Optimization) ou otimização para mecanismos de pesquisa. Trata-se de uma série de estratégias para melhorar o posicionamento da sua marca nos resultados do Google e, assim, conquistar mais visibilidade e clientes para o seu negócio.

Você pode fazer isso sem nem mesmo ter um site. Para isso, é essencial inserir todas as suas informações no Google Meu Negócio, participar das plataformas de avaliações e produzir bons conteúdos nas redes sociais. Dessa forma, quando um usuário pesquisar por restaurantes na sua região, provavelmente já verá o seu estabelecimento.

Mas você terá ainda mais chances de aparecer nas primeiras posições do Google se tiver um site. O buscador confia mais em negócios que têm um domínio registrado na internet, que reúne todas as informações que o cliente precisa ― telefone, endereço, horários, fotos, cardápio, reservas etc.

Para conquistar ainda mais a confiança do Google (e melhorar seu posicionamento), é preciso construir um site otimizado. Isso significa ter códigos limpos e uma boa arquitetura de navegação, que carregue rapidamente e facilite aos visitantes encontrarem o que desejam. Assim, você oferece uma boa experiência aos usuários.

Afinal, é isso que o Google mais quer: oferecer a melhor experiência de busca. E se você oferece da melhor maneira aquilo que os usuários buscam, seu site tende a ganhar prioridade nos resultados.

Redes sociais para se aproximar dos seus clientes

Redes sociais foram criadas para as pessoas interagirem entre si. Porém, o marketing acompanha o comportamento dos consumidores. Então, se eles estão nas redes sociais, as empresas também buscam o seu espaço por lá.

Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e Pinterest são hoje excelentes plataformas de negócios para empresas. Elas são ferramentas profissionais para interagir com o seu público ― seja de maneira orgânica, seja com a publicidade paga, como o Facebook Ads.

Criar uma página nas redes sociais para o seu restaurante é a oportunidade de se aproximar do seu cliente. Mesmo quando ele não está pensando em ir até o seu estabelecimento, você se mantém vivo na lembrança dele com os posts que aparecem na sua linha do tempo.

E cada publicação ajuda a construir a imagem do seu restaurante. Por exemplo, ao publicar sobre famosos que visitam o seu restaurante, ganha força a ideia de que ele é bem frequentado. Se você compartilha premiações e eventos dos quais participa, a visão dos clientes é de que o seu negócio é um sucesso!

Vale ressaltar que cada rede social tem suas características próprias, e você não precisa estar presente em todas elas. Analise o seu público, entenda onde ele está presente e em quais redes você pode ter mais resultados. É melhor estar em uma só rede e fazer um bom trabalho do que se encher de páginas e não conseguir dar conta de tudo.

E o marketing para restaurante fora da internet, como fica?

Embora a internet seja indispensável no marketing para restaurantes, não pense que as práticas tradicionais de publicidade morreram.

Começamos esse artigo falando de cartões de visita e panfletos na porta do restaurante. Também existem os outdoors, anúncios em revistas, assessoria de imprensa, entre outras diversas estratégias fora da internet. Será que você não deve mais fazer isso?

Deve sim. O marketing digital não chegou para substituir o marketing offline ― eles devem se complementar para obter os melhores resultados.

Mesmo que você tenha um site, não conseguiria com ele atrair aqueles clientes que estão vagando pela rua sem saber onde almoçar, não é mesmo? E isso o panfleto consegue fazer, já que apresenta o seu negócio na hora certa para essas pessoas. Depois de conhecerem o seu restaurante, você pode convidá-las para curtir a página no Facebook. Assim, você consegue engajá-las para eles retornem mais vezes.

Esse é só um exemplo de como você pode integrar as estratégias de marketing online e offline para atrair e engajar os clientes. Pense que cada canal de marketing tem um propósito diferente e pode alcançar públicos diferentes.

Então, o que você precisa é analisar o seu público, mercado e concorrentes para entender em que investir. Certamente a internet não vai ficar de fora: sites, redes sociais, buscadores e avaliações não podem mais ser ignorados no marketing para restaurantes. Mas os melhores resultados podem vir da integração com as estratégias offline, que o mercado já está acostumado a adotar.

Este artigo foi escrito por O Condado, parceira do Sistema Vitto, uma agência de marketing digital especializada em estratégias para alavancar as vendas de restaurantes. Para conhecer melhor o trabalho da agência, clique aqui.

Gostou? Comente