Cardápio para Marmitex: opções para a semana
# # # # #

Cardápio para marmitex: 112 ideias para montar um cardápio barato

abril 20, 2021

Pode parecer simples, mas montar um cardápio para marmitex é mais complexo do que parece. 

 

A dificuldade de criar um menu que concilie variedade, custo de produção baixo e combinações interessantes para despertar a fome nos clientes é um desafio para todo restaurante de comida caseira.

 

 

Por isso, neste artigo você vai aprender: 

  • 112 pratos para montar até 28.000 combinações diferentes no seu cardápio da semana
  • Estratégias para montar um cardápio para marmitex barato e popular 

 

Cardápio de marmitex popular para a semana

 

Se você está sem criatividade e precisa vender opções baratas e interessantes, uma lista de ideias de preparações vai poupar seu tempo. 

 

Por isso, fizemos uma planilha com: 

40 opções de pratos principais

36 acompanhamentos

20 saladas

16 sobremesas

 

Ou seja, você não vai ter dor de cabeça na hora de montar seu cardápio para marmitex!

 

Clique na imagem abaixo para fazer o download gratuitamente do material

 

Marmitex em embalagem para delivery com a chamada "112 ideias de cardápio para marmitex"

Clique na imagem acima para baixar gratuitamente a planilha com 112 ideias de pratos!

 

Você pode acessar o material no formato PDF ou planilha de Excel.

 

TIPOS DE CARDÁPIO SEMANAL PARA RESTAURANTES 

 

Existem dois principais formatos de cardápios para a semana utilizados em restaurantes de comida caseira, marmitarias e buffets self service. 

 

Cardápio da semana variável

Neste modelo, a cada dia são servidos entre três e cinco pratos diferentes. Esses pratos são variados nos dias e semanas seguintes, de forma que não existe uma rotina do que é servido. 

 

O ponto negativo desse modelo é que, por ser um cardápio diferente por dia e semana, você terá sempre o trabalho de decidir o que será feito e ter ideias novas. É um trabalho a mais que pode parecer bobo, mas é capaz de sobrecarregar (principalmente se você trabalha sozinho ou em poucas pessoas). 

 

Mas tendo em mãos a planilha que fizemos, você já vai estar com meio caminho andado para diminuir esse trabalho extra 😉 

 

Se você ainda não fez o download, baixe aqui a planilha com diversas opções de preparo e monte até 28000 combinações diferentes de cardápio para marmitex semanal. 

 

O lado positivo desse tipo de cardápio é que, exatamente por ter muita variedade, o risco dos clientes enjoarem do seu menu é pequeno. 

 

Cardápio da semana fixo 

 

Enquanto isso, outros restaurantes preferem trabalhar com um cardápio que se repete toda semana, o que muda apenas são os pratos servidos entre segunda e sexta-feira. 

 

O lado positivo desse modelo é que ele é mais fácil de gerenciar, pois você já sabe o que vai servir toda semana, o que precisa comprar e qual trabalho terá para preparar. Você consegue criar uma rotina. 

 

O ponto negativo é que, por não variar, você corre o risco de perder alguns clientes em determinados dias da semana, caso as opções não agradem. 

 

Nossa sugestão: comece com o modelo de cardápio variável e tenha como meta trabalhar com o modelo fixo ideal. 

 

Se você está abrindo sua marmitaria agora ou tem pouco tempo de experiência, conhecer as preferências dos seus clientes é fundamental, e isso, infelizmente, só vai acontecer com o tempo. 

 

Portanto, comece servindo marmitex diferentes a cada dia, tenha o controle quais opções vendem mais e, depois de já ter experimentado várias receitas, separe as 15 mais vendidas para seu cardápio de quentinhas fixo (três opções para cada dia da semana). 

 

Isso é importante porque, se você pretende aumentar sua produção e vender cada vez mais, é preciso que seus processos sejam previsíveis, sem surpresas e, portanto, mais rápidos. 

 

COMO MONTAR UM CARDÁPIO PARA MARMITEX BARATO E POPULAR

 

1. Dê preferência aos ingredientes da estação 

Use a sazonalidade ao seu favor! Ingredientes da estação são mais baratos, fáceis de encontrar e, por serem mais frescos, são mais saborosos. 

 

2. Compre ingredientes nos CEASAs

Evite os mercados! Os CEASAS (Centrais de Abastecimento) costumam ser muito mais baratos. 

 

Se a sua cidade não tiver um ou ele for muito distante do seu local, tente firmar uma parceria com um vendedor de hortifruti próximo. Você tem um ótimo argumento para conseguir preços mais baixos: vai comprar com frequência e em alta quantidade.

 

3. Utilize cortes de carne mais simples

O principal foco de uma marmitex é servir uma refeição equilibrada e saborosa a um preço baixo. 

 

As contas nunca vão bater se você utilizar cortes de carne nobres. Por isso, criatividade para montar um cardápio para marmitex com carnes mais simples é tudo! 

 

Nossa dica é compor o cardápio das marmitas com carne suína e de frango, pois elas costumam ser mais baratas. 

 

4. Explore os vegetais 

Ainda que você utilize carne de porco, frango e cortes bovinos simples nas receitas, a carne continua sendo o ingrediente mais caro do prato. 

 

Mas os legumes quando são bem preparados podem brilhar e ganhar os holofotes! Se a proteína (mistura) da marmitex é mais simples, surpreenda o paladar dos clientes com preparações de vegetais apetitosas e incomuns 😉 

 

5. Varie a forma de preparo de um mesmo ingrediente

Todo ingrediente pode ser preparado com cortes diferentes e maneiras de cozimento diferentes. 

 

A batata pode ser assada, pode virar purê e pode ser frita. Os pimentões podem ser recheados, podem ir picadinhos no arroz ou servidos refogados em rodelas. 

 

A dica é: extraia o máximo de cada ingrediente e assim você terá um cardápio interessante e com custo baixo. 

 

6. Gestão de estoque eficiente

Lembre-se: estoque é dinheiro parado. Essa dica está diretamente ligada à dica anterior. 

 

Não adianta escolher ingredientes baratos, mas precisar comprar muitos deles. Quanto menos ingredientes você precisar, mais otimizado será seu cardápio de marmitex. 

 

Além de explorar as várias formas de preparar um alimento, a gestão eficiente do estoque envolve reaproveitar as preparações que não foram totalmente vendidas no dia anterior.

 

Exemplo: o arroz que sobrou de um dia pode virar bolinho de arroz no outro. O peito de frango de um dia pode ser desfiado e virar recheio de panqueca no dia seguinte. E por aí vai. 

 

7. Varie os temperos com um mesmo ingrediente 

Os temperos podem mudar completamente um prato! Essa dica vale ouro e acrescenta mais uma forma de variar ingredientes comuns. 

 

Exemplo: a carne moída temperada com cominho tem a cara da culinária baiana, mas se você usar o tempero sírio ela ganha ares de comida árabe (com arroz, lentilha e cebola caramelizada, todos ingredientes simples, tá feito o cardápio do dia!).

 

COMO AUMENTAR O LUCRO DE MARMITEX E QUENTINHAS COM A ENGENHARIA DE CARDÁPIO

 

Ok, até aqui você já aprendeu a otimizar seu estoque e já possui mais de 28 mil combinações possíveis de refeições no seu cardápio para marmitex.

 

Mas a parte mais importante é que o seu cardápio precisa vender, caso contrário, todo o trabalho vai por água abaixo. 

 

Entre tantas opções de escolha, o conceito de engenharia de cardápio é a melhor estratégia para tomar as decisões certas do que você deve vender para ter lucro. 

 

O que é engenharia de cardápio? 

 

Engenharia de cardápio é um método desenvolvido por professores da Universidade de Michigan (USA) que classifica os itens de venda em quatro categorias de acordo com a lucratividade e popularidade deles: 

 

Gráfico representativo da engenharia de cardápio

Gráfico representativo da engenharia de cardápio

 

Cavalo de Corrida

São aqueles produtos com alta popularidade, mas pouco lucro. 

 

Esses itens devem compor 20% do seu cardápio, pois eles atuam como chamarizes para atrair novos clientes. 

 

A estratégia é ter produtos com preço de venda baixo para atrair público, mesmo que a margem de lucro seja menor, e depois fidelizar os clientes com itens da categoria Estrela ou Quebra Cabeça. 

 

Estrela

São produtos de alta lucratividade e alta popularidade. 

 

Isso significa que são os melhores itens do seu cardápio, pois vendem muito e trazem boa margem de lucro. É neles que você deve focar a maior parte do seu esforço de vendas.  

 

70% do seu cardápio deve conter produtos desse tipo. Fidelizar clientes que costumam comprar esses itens é uma forma de colocar em prática esse ponto da engenharia de cardápio.

 

Cachorro 

Esses são itens de pouca lucratividade e pouca popularidade. 

 

Por não trazerem nenhum retorno positivo, você deve identificar quais são esses produtos e removê-los do seu cardápio o quanto antes. 

 

Afinal de contas, não vale a pena gastar com a compra de insumos para produzir esses itens. 

 

Quebra Cabeça

Alta rentabilidade e baixa popularidade.

 

Esses são aqueles produtos que você não vende sempre, mas quando vende, lucra muito. Vale a pena mantê-los no cardápio, mas devem compor apenas 10% do seu menu.

 

Desta forma, a quantidade de ingredientes que você precisará ter em estoque será baixa, e, portanto, menos custosa. 

 

Para saber os custos e, consequentemente, a lucratividade de cada quentinha que você produz, é necessário calcular o CMV (custo de mercadoria vendida). Caso contrário, os valores serão todos baseados em chutes e você correrá o risco de cometer erros na precificação do cardápio.

 

COMO AUMENTAR PREÇOS DE UM RESTAURANTE

 

Vai chegar o momento em que você vai precisar aumentar os preços do seu cardápio para marmitex, afinal, os custos com ingredientes sobem e também sofrem os efeitos da inflação. 

 

Essas são algumas estratégias para fazer um reajuste de valores sem perder clientes: 

 

1. Realize o aumento em épocas de baixo movimento 

2. Faça reajustes regularmente

3. Aplique pequenos aumentos por vez

4. Altere o tamanho das porções

5. Ofereça um desconto nas primeira semanas 

 

Para entender como aplicar essas dicas na prática, confira nosso artigo detalhado de como aumentar os preços de um restaurante

 

CARDÁPIO ONLINE PARA RESTAURANTE

 

O cardápio online já é um item essencial para quem trabalha com a venda de marmitas nos dias atuais. 

 

Muitas marmitarias vendem em aplicativos como UberEats e Ifood, mas a comissão cobrada por essas plataformas faz o preço final de venda subir e pode espantar seus clientes. 

 

Se você quer fugir das comissões ou gastar menos tempo atendendo pelo WhatsApp, saiba que o cardápio digital pode te ajudar. 

 

O Vitto desenvolve um cardápio online e aplicativo exclusivo para o seu restaurante e você paga apenas uma mensalidade fixa. Além disso, você tem acesso a relatórios de venda, gestão de estoque, caixa e cadastro de pedidos de balcão. Tudo no mesmo sistema. 

 

Fale com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar seu restaurante!